sábado, 28 de julho de 2012

Neomissiologia e indigenismo neopagão

Neomissiologia e indigenismo neopagão

http://jornalsaopaulopresbiteriano.blogspot.com.br/2012/07/neomissiologia-e-indigenismo-neopagao.html

sábado, 7 de julho de 2012

Sonhos e visões movendo muçulmanos para Cristo


Sonhos e visões movendo muçulmanos para Cristo

Jennifer LeClaire
Vários anos atrás, Ali embarcou na peregrinação muçulmana para Meca conhecida como Hajj.
“É claro que quando fui a Meca eu estava indo ali a fim de prestar reverência a Kabba e cumprir os requisitos do islamismo”, recordou ele.
Muçulmano rezando
Mas a peregrinação se tornou uma jornada mais espiritual do que ele poderia já imaginar.
“Naquela noite, eu vi Jesus num sonho. Primeiro, Jesus tocou-me a testa com o dedo. E depois de me tocar, Ele disse ‘Você pertence a mim’”, recordou Ali.  
“E então Ele me tocou acima do coração”, continuou ele. “‘Você foi salvo. Siga-me. Você pertence a mim’, disse ele”.
O testemunho de Ali em Meca foi narrado e dramatizado num DVD chamado “More Than Dreams” (Mais do que Sonhos).
“Decidi que não vou finalizar o Hajj, a peregrinação. Qualquer que seja o preço, vou seguir essa voz”, explicou ele.
O filme documenta e dramatiza o testemunho de Ali e vários outros muçulmanos que passaram a crer em Jesus por meio de um sonho ou visão.
“Estamos vendo isso ocorrer em todos os lugares. Estamos recebendo informações de indivíduos que nunca nem mesmo pararam para pensar sobre Jesus como Salvador”, Tom Doyle, do e3 Ministries, disse. “Eles são muçulmanos satisfeitos e estão tendo frequentes sonhos”.
Doyle e sua esposa Joanna levam o Evangelho ao mundo muçulmano. Ele é o autor do livro a ser lançado “Dreams and Visions: Is Jesus Awakening the Muslim World?” (Sonhos e Visões: Jesus Está Despertando o Mundo Muçulmano?).
“Penso que nosso Deus é um Deus justo, que Ele é justiceiro e imparcial, e pessoas estão buscando e não sabem aonde ir”, disse Doyle.
“Talvez elas não tenham uma Bíblia, talvez não haja um missionário na vila delas”, disse ele. “Mas Ele de algum modo fará o Evangelho chegar a elas”.
O fenômeno de sonhos e visões tem vindo à tona em todo o mundo muçulmano, desde a Indonésia até o Marrocos.
“Na igreja se você perguntar quantas pessoas vieram a Cristo, 80 por cento dirão: ‘Eu O vi num sonho’” certa mulher na Ásia central disse para a CBN News. A identidade dela está sendo protegida por razões de segurança.
Uma amiga cristã a desafiou a pedir que Deus falasse pessoalmente com ela.
“Foi então que decidi pedir a Ele”, disse ela. “No dia seguinte… em meu sonho vi Jesus… e decidi me entregar a Ele”.
Hazem Farraj é o apresentador de “Reflections” (Meditações), um programa via satélite para muçulmanos. Ele disse que muitas vezes recebe comentários da audiência falando sobre sonhos e visões.
“Uma mulher casada me escreveu… ela disse: ‘liguei o televisor e ali estava você… as palavras que estavam saindo de sua boca tinham tanta paz que adormeci’”, recordou Farraj.
“Ela disse: ‘Quando cai no sono, acabei tendo uma visão de Jesus e eu vi o Senhor’”, continuou ele. “Ela disse: ‘Logo que olhei eu sabia que Cristo era o sacrifício, o Filho de Deus”.
Doyle disse que o sonho ou visão é geralmente o começo, não o fim, da conversão de um muçulmano.
“Ninguém vai dormir como muçulmano para acordar como cristão, mas essas experiências sobrenaturais estão derrubando as barreiras falsas que são inerentes ao islamismo”, explicou Doyle.
O casal Doyle disse que debaixo da revolução atual no Oriente Médio, está havendo um terremoto espiritual.
“Quando o mundo político e espiritual dentro do islamismo ferve, cara, o Espírito Santo se move com mais poder ainda”, disse Joanna.
“Este é o tempo em que corações estão abertos, pessoas estão desesperadas, governos estão mudando”, o marido dela acrescentou. “Os alicerces de todos têm rachaduras imensas e Jesus é a resposta que pode entrar e preencher essa necessidade”.
Muitos missionários veteranos para o mundo muçulmano dizem que sonhos e visões, junto com a televisão via satélite, estão levando os muçulmanos a conhecer Jesus em números sem precedentes.
Eles acrescentam que mais muçulmanos estão vindo a Jesus do que em qualquer outro tempo na história de 1.400 anos do islamismo.
O casal Doyle quer que os cristãos no Ocidente se unam a essa revolução espiritual.
“Nem todo mundo pode ir ao Oriente Médio. Mas todos podem orar”, disse Doyle.
“E nenhum governo, nenhum líder pode bloquear a intercessão no mundo inteiro”, disse ele. “Por isso, precisamos orar crendo que Deus continuará a avançar o Evangelho até os confins da terra”.
Traduzido por Julio Severo do artigo da revista Charisma: Dreams, Visions Moving Muslims to Christ

Um exemplo do “cristão bonzinho”, e “a partícula de Deus”


Um exemplo do “cristão bonzinho”, e “a partícula de Deus”

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Todos contra a PM: o eterno “mordomo” dos crimes em São Paulo. A grande mídia não tem o menor pudor em apontar suspeitos quando estes são policiais.


Todos contra a PM: o eterno “mordomo” dos crimes em São Paulo
A grande mídia não tem o menor pudor em apontar suspeitos quando estes são policiais.


Na dúvida e precisando de um suspeito, que tal jogar a culpa na Polícia Militar paulista? A Folha de S.Paulo não teve dúvidas; ao informar o crime do executivo esquartejado, cravou na manchete: “PMs são suspeitos de esquartejar executivo da Yoki em SP”. Agora, a “suspeita” não se confirma, mas os jornalistas tratam de fingir que nada aconteceu.

Precocemente, a Folha publicou no dia 4 de junho (http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1100197-pms-sao-suspeitos-de-esquartejar-executivo-da-yoki-em-sp.shtml):

Um grupo de policiais militares é investigado pelo DHPP (departamento de homicídios), da Polícia Civil de São Paulo, e também pela Corregedoria da PM sob suspeita de participar da morte do empresário Marcos Kitano Matsunaga, 40, diretor-executivo da Yoki, uma das maiores empresas do ramo alimentício do país. Os PMs são investigados porque fariam parte da escolta particular do empresário.

Dois dias depois, a verdade começa a vir à tona, conforme se segue:

Elize Ramos Kitano Matsunaga, 38, afirmou em depoimento nesta quarta-feira que matou o marido, Marcos Kitano Matsunaga, 42, após uma discussão conjugal por conta de uma infidelidade que teria sido descoberta por ela. Ele era diretor-executivo da Yoki e foi encontrado esquartejado no fim do mês passado.

(...)

Segundo a polícia, ela afirmou também que foi agredida por Matsunaga antes do crime e que agiu sozinha.

(http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1101139-mulher-diz-que-matou-executivo-apos-briga-por-causa-de-traicao.shtml)

Hipótese inicialmente cogitada, a suposta participação de PMs --que fariam bico como seguranças de Matsunaga -- no crime também foi descartada pela polícia, que apresentou novos indícios de crime passional.

(...)

Sobre a suposta participação de PMs no crime, Carrasco resumiu: “Ventilou-se que a escolta do casal era suspeita de participar do crime, mas isso não procede, pois marido e mulher não tinham segurança pessoal”, afirmou o diretor-geral do DHPP.

(http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/06/05/policia-civil-descarta-participacao-de-pms-na-morte-de-empresario-da-yoki-e-afirma-que-empresario-traia-a-mulher.htm)

A reportagem errou, pois, três vezes: ao informar que o empresário possuía escolta particular; ao sugerir que a escolta era formada por policiais militares; ao concluir que ossupostos PMs, que supostamente faziam escolta, seriam supostamente os autores do crime.

É suposição demais para o exercício do bom jornalismo – que não se aplica, contudo, quando o assunto é a PM de SP. A Folha – como a maioria dos grandes órgãos de imprensa brasileiros –, sempre cheia de dedos e pudores ao tratar outros “suspeitos” (estupradores, traficantes, sequestradores, invasores de propriedade, mensaleiros), não tem qualquer cerimônia para apontar o dedo à polícia e imputar-lhe os piores crimes.




Fonte: http://midiaamais.com.br/artigo/detalhes/2094/


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Enquanto as FARC rearticuladas atacam, seus opositores militares purgam na cadeia!. “O certo é que muitos dos militares que ontem foram heróis públicos hoje estão na iminência de passar a metade de suas vidas na cadeia”.


Enquanto as FARC rearticuladas atacam, seus opositores militares purgam na cadeia!


Hélio Dias Viana
A Colômbia sob o governo de Álvaro Uribe era o único país latino-americano que vinha tomando uma atitude firme e coerente em face da subversão comunista coadjuvada pelo bloco bolivariano, travando contra as FARC uma vitoriosa guerra, em visível contraste com a política entreguista e concessiva dos governos anteriores.
Contudo, colaboradores da narcoguerrilha aninhados em movimentos de direitos humanos e Ongs da mesma orientação, prevalecendo-se de uma brecha deixada por Uribe – a transferência do foro militar para a alçada civil – vêm obtendo das instâncias judiciais a prisão de milhares de militares, acusando-os da prática de crimes diversos.
Entre eles encontra-se a elite das Forças Armadas, cujos membros são detentores de uma inigualável folha de serviços prestados à Colômbia e, por consequência, ao continente. Assim, nada menos que seis generais, trinta coronéis, centenas de oficiais e suboficiais figuram entre os 2.420 militares atualmente presos.
Estão, por exemplo, nessa situação, o general Del Río e o coronel Plazas, ambos da reserva. O primeiro foi o mais destacado comandante militar colombiano na luta contra a subversão, tendo sido destituído pelo governo claudicante do ex-presidente Andrés Pastrana por imposição das FARC. E o segundo ficou imortalizado pela sensacional invasão e resgate, em 1985, do Palácio de Justiça (foto acima), ocupado por terroristas do M-19. Enquanto o general Del Río aguarda na prisão há cinco anos por julgamento, o coronel Plazas foi recentemente sentenciado a pagar 30 anos de reclusão por conta de uma acusação cujo autor se desconhece…
Figuram ainda, entre os presos, um coronel que foi um dos militares mais condecorados, considerado um dos maiores oficiais colombianos de todos os tempos (na prisão há cinco anos aguardando julgamento), e o major responsável pela organização e execução da espetacular Operación Jaque (xeque-mate), em decorrência da qual foram libertados, sem necessidade de um só tiro, Ingrid Bettancourt e diversos reféns da narcoguerrilha farcista.
Enquanto defensores da Pátria são assim jogados inexoravelmente nas prisões, ex-guerrilheiros ocupam cada vez mais posições de destaque no cenário político, chegando alguns deles à desfaçatez de propor o desarmamento das pessoas honestas. E os ataques terroristas crescem ao mesmo tempo em todo o país, um dos quais foi perpetrado recentemente em movimentada artéria de Bogotá, ceifando a vida de dois guarda-costas do ex-ministro da Justiça, Fernando Londoño, ferindo a este e diversas pessoas do público.
A ofensiva contra as Forças Armadas adquiriu tal proporção que “El Tiempo”, o principal jornal colombiano, noticiou em sua edição de 25 de junho de 2012, que dos 2.420 militares atualmente presos, somente 16% foram julgados. E que outros cinco mil encontram-se sob investigação. Mas que os atualmente presos que assinarem um termo de aceitação prévia de culpa – de acordo com o referido jornal, 2.200 já o fizeram – terão suas penas mitigadas.
Segundo o jornal, essa clamorosa situação levou o presidente da Associação Colombiana de Oficiais da Reserva, general Jaime Ruiz, a declarar: “Os militares não estão combatendo. Como o país se encontra hoje e com as garantias que está dando a seus soldados, não vale a pena defendê-lo”.A esta declaração – que ele diz traduzir o pensamento dos oficiais da ativa que não podem falar – soma-se uma dura carta enviada pelos militares da reserva ao presidente Juan Manuel Santos, na qual a certa altura dizem: “A Colômbia é o único país do mundo que enfrenta um conflito armado com legislação de paz e sem foro militar”.
“El Tiempo” conclui: “O certo é que muitos dos militares que ontem foram heróis públicos hoje estão na iminência de passar a metade de suas vidas na cadeia”.
Nossa conclusão é que, em nome dos “direitos humanos”, está sendo sacrificada a liberdade não só de valorosos militares injustamente punidos por terem ousado punir a subversão em defesa da Pátria ameaçada, mas a de 45 milhões de colombianos agredidos pelas FARC e que consideram suas Forças Armadas como a instituição de maior credibilidade do País.


  
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com


Modelo para quem e para quê, cara muito pálida?


Modelo para quem e para quê, cara muito pálida?


http://homempresbiteriano.blogspot.com.br/2012/07/modelo-para-quem-e-para-que-cara-muito.html

Co-fundador de associação de pesquisa e terapia da homossexualidade diz: “A homossexualidade não é 'normal', mas o sintoma de alguma desordem”.


Co-fundador de associação de pesquisa e terapia da homossexualidade diz: “A homossexualidade não é 'normal', mas o sintoma de alguma desordem”.

terça-feira, 3 de julho de 2012

A islamofobia dos homossexualistas


A islamofobia dos homossexualistas


by O. Braga

Ces questions ont électrisé une grande conférence internationale qui s'est tenue à Amsterdam en janvier 2011. Les participants ont longuement évoqué la singularité des Pays-Bas, où le puissant parti populiste de Geert Wilders brandit les droits homosexuels comme un progrès occidental aujourd'hui menacé par l'islam.
Como o leitor assíduo deste blogue já terá eventualmente reparado, nunca eu aqui me referi, de uma forma positiva ou abonatória, a uma certa "direita" europeia ilustrada pelo holandês Geert Wilders — entre outras razões porque se trata de uma “direita” ideologicamente incoerente e populista.
Esta “direita” de Geert Wilders é, aparentemente, libertária — parece procurar a independência da sociedade em relação ao Estado. Parece. Mas, quando apareceu na cena política alemã no princípio da década de 1920, o partido nazi também se apresentou como libertário. Portanto, entre aquilo que um partido político diz que é, por um lado, e por outro lado aquilo que é realmente, pode existir uma grande diferença. Um partido político é como um melão: só sabemos se é bom depois de o abrirmos, assim como só podemos saber se um partido político é coerente com os seus princípios depois de ter assumido o Poder.
(1) A islamofobia característica do movimento de Geert Wilders tem o apoio massivo da militância gayzista ou LGBT [Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros], não só da Holanda, como em toda a Europa; (2) o movimento de Geert Wilders tem muitas semelhanças com o partido político do líder de uma certa direita austríaca, Joerg Haider, do qual se veio a saber [depois da sua morte em um acidente de viação] que era um grandessíssimo fanchono e abafa-palhinhas, e que, tal como Geert Wilders, era islamófobo.
Este tipo de “direita” também existe em Portugal, só que em termos muito mais confusos e difusos, ainda. Desde logo, é uma “direita” estrangeirada, porque se inspira em ideias políticas estrangeiras e importadas. E depois, parece incorporar nela o activismo político gayzista, como é o caso da relação entre o CDS/PP de Paulo Portas, e Adolfo Mesquita Nunes, por exemplo. Esta é uma “direita” que “evoluiu” da tradicional democracia cristã, que postergou, para uma de espécie de libertarismo decadente que se assume como defensor dos direitos humanos —como se os direitos humanos, alguma vez, pudessem ser considerados, em si mesmos, como uma política!
Em face da “evolução” recente dessa “direita”, simultaneamente islamófoba e homossexualista [ou homófila], eu parei, aqui no blogue, de comentar factos do Islamismo na Europa, salvo raras excepções. A islamofobia dessa “direita” transformou-se em uma forma de legitimar o homossexualismo e a decadência civilizacional que este transporta consigo.

domingo, 1 de julho de 2012

Esta semana, suas orações para a nação da Nigéria são desesperadamente necessárias.


Urgent Nigeria Update Urgent Prayer Alert:  Triple suicide bomb attacks on Nigerian churches
CSW  (Solidariedade Cristã Mundial)
AGÊNCIA DE APOIO AOS CRISTÃOS PERSEGUIDOS

Esta semana, suas orações para a nação da Nigéria são desesperadamente necessárias.                                                                                                                             


No domingo, três ataques suicidas ocorreram in três diferentes igrejas em Kaduna. Este é o terceiro domingo consecutivo a se ver ataques com bombas ou artilharia em igrejas nos estados do norte e nordeste. 

Ataques na hora das reuniões de domingo


No ultimo domingo, um homem-bomba invadiu com um carro cheio de explosivos a Igreja das Boas Novas (ECWA Church) em Zaria,  destruindo a seção reservada a crianças e matando uma criança e um jovem. Várias pessoas foram feridas, incluindo um coordenador da CSW (Solidariedade Cristã Mundial – agência de apoio a cristãos perseguidos no mundo).

No mesmo dia, dois homens-bombas em carros separados atacaram a igreja Cristo é Rei (igreja católica) no momento em que a congregação saía da missa, matando dezesseis pessoas e ferindo várias outras
Enquanto isso,  em  Kaduna City,  outra bomba explodia na Igreja Pentecostal Shalom enquanto obreiros estavam interrogando o homem-bomba, matando 3 pessoas. .

Da mesma maneira que com os ataques no fim de semana anterior (em Jos), estes novos ataques  incitam a revolta e violência enquanto jovens clamando por justiça vão para as ruas para protestar a aparente inabilidade do governo (e sociedade) de prevenir os incessantes ataques. 

Um toque de recolher de 24horas está agora vigente, apesar da situação ainda ser muito tensa.
 

“Fins de semana são agora um filme de terror para Cristãos no norte e centro da Nigéria”De acordo com nossos contatos e parceiros em terra, sem a ajuda em orações urgente pelo mundo, o futuro da Nigéria parece ser totalmente sombrio.

Falando de sua decepção e tristeza pelos incessantes ataques, o Arcebispo Anglicano de Jos, Benjamin Kwashi, disse: “Fins de semana são agora um filme de terror para Cristãos no norte e centro da Nigéria. Meu coração verdadeiramente sangra pela desnecessária matança e me sinto profundamente entristecido que em uma nação como a Nigéria, existam pessoas para patrocinar, planejar, treinar e financiar outras para praticar tais atrocidades especificadamente contra o momento de adoração a Deus pelos cristãos nos domingos em suas igrejas.
O Supervisor geral da CSW-Nigeria afirma: “Ataques contra Cristãos enquanto eles legitimamente celebram o domingo são agora uma ocorrência comum. A não ser que a cultura de impunidade seja vencida, nosso país irá lentamente adentrar uma nova Guerra civil, infelizmente travada com base em ideologias religiosas.”,.

Os Cristãos da Nigéria pedem por orações a todos , ao redor do globo, para se chegar ao fim desta hedionda violência contra inocentes. Nas palavras do Arcebispo: “ Cristãos e pessoas de boa vontade em todos os lugares devem se levantar pela paz e falar contra a injustiça, buscando toda oportunidade para reconciliação e perdão, a fim de que a Nigéria seja restaurada. Convoco a todos  para orações e súplicas por entre todos os que se autodenominam cristãos mundo afora, para que todos os que trabalham pela paz , não desfaleçam no bom caminho.

 
 


Por favor, pedimos a todos:
• Reencaminhe esse e.mail e pedidos de oração abaixo para todos os seus contatos, pedindo que estejam orando e que encoragem a outros para fazer o mesmo.
• Se fores membro de alguma igreja, peça a seu líder ou coordenador de oração que inclua orações pela Nigéria nas reuniões de oração e aos domingos.
• Todo sábado, por favor, lembre-se de orar pela segurança e proteção das reuniões e serviços de domingo no Norte e Centro da Nigéria.

Nosso muito obrigado por seu suporte.
Thank you so much for your support.
Possa Deus abençoar a todos.
The CSW Team (Equipe da CSW)

Pontos de Oração – (por favor, siga estes pontos de oração para guiar suas preces)


• Por todos aqueles que perderam seus amados nos ataques, pedindo a Deus conforto e consolo, sustentando-lhes com Sua paz.
• Pedir pelo Coordenador da CSW em Zaria (Nigéria ) que foi feriado seriamente em um dos ataques. Pedir pela sua completa recuperação e a recuperação de todos os feridos nos ataques.
• Pedir a Deus para se frustrar todos os planos de ataque, para se frustrar toda a ação dos grupos terroristas, membros e patrocinadores e que haja um fim paro todo aspecto de violência.
• Pedir pela proteção dos funcionários e membros da CSW na Nigéria ao prestarem seu suporte a apoio a todas as vítimas da violência.
• Pedir a Deus sabedoria , coragem e força para todos os líderes das igrejas , em sua luta para guiar suas congregações em tempos tão turbulentos.

* Pedir a Deus misericórida e arrependimento de todos os inimigos da igreja cristã  pelo mundo afora e especialmente por estes que perpetuam tais ataques. Que sejam livres da cegueira e do ódio irracional do fanatismo.

 



































Contactwww.csw.org.ukUnsubscribeCSW is a Christian organisation working for religious freedom through advocacy and human rights, in the pursuit of justice.
Christian Solidarity Worldwide (CSW)
PO Box 99, New Malden, Surrey, KT3 3YF




Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

A censura no Facebook


A censura no Facebook

by O. Braga


O FaceBook censura imagens de fetos humanos abortados. Existe aqui no FaceBook uma polícia política — tipo KGB — que se dedica a fiscalizar o "ambiente social" à procura de imagens politicamente incorrectas para as poder censurar. O FaceBook é, cada vez mais, um ambiente totalitário e politicamente correcto. Utilizem mais o Google Plus, onde existe muito mais liberdade do que no FaceBook.
O. Braga | Domingo, 1 Julho 2012 at 4:35 pm | Tags: Facebook | Categorias: Geral | URL: http://wp.me/p2jQx-cbJ