quinta-feira, 31 de maio de 2012

A putativa paridade de géneros do governo de François Hollande


A putativa paridade de géneros do governo de François Hollande

by O. Braga

"Certains ont trouvé admirable que François Hollande et Jean-Marc Ayrault aient été capable de respecter à la lettre le principe (parfaitement débile) de la parité entre les hommes et les femmes ministres. Au delà, on remarquera que ce gouvernement est constitué à 100% de fonctionnaires, de professionnels de la politique et de personnes dont les ressources proviennent en totalité de l’argent public.
Nous entrons dans une ère de parti unique socialiste, élargi aux supplétifs de la pseudo écologie et à un soi-disant parti radical. Tous sont issus de la sphère publique. Ils ne peuvent qu’être dévoués à son service. Un tel système n’a aucune chance de réussir. En tout cas en termes de création de richesses et d’emplois."
Este artigo põe “o dedo na ferida”: no governo de Hollande, não se pode dizer que exista uma verdadeira e real paridade de géneros, mas antes de uma paridade entre funcionários do partido socialista francês, de profissionais da política e de pessoas [elas e eles] que se alimentam do dinheiro público.
Só se pode falar de "paridade de géneros" quando ela surge da sociedade civil; e a probabilidade de esta paridade de géneros acontecer, na realidade, é praticamente nula.
O. Braga | Quarta-feira, 23 Maio 2012 at 8:47 am | Tags: França, François Hollande | Categorias: politicamente correcto | URL: http://wp.me/p2jQx-bF1


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

A língua portuguesa é aquilo que o Brasil radical quiser


A língua portuguesa é aquilo que o Brasil radical quiser

by O. Braga
« A Academia Brasileira de Letras (ABL) está sendo acusada de fazer alterações no texto do acordo ortográfico após a assinatura dos países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) — Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.
A Casa de Machado de Assis teria publicado na quinta edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP) normas que não foram acordadas entre os países membros da CPLP. O professor de Língua Portuguesa Ernani Pimentel acusa a ABL de mexer “em vários pontos do acordo sem autorização” e diz que o VOLP “desrespeita e altera o texto original”. »
Estamos entregues à bicharada da "presidenta".
O. Braga | Quinta-feira, 31 Maio 2012 at 8:43 am | Categorias: acordo ortográfico | URL: http://wp.me/p2jQx-bLU


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Não siga o exemplo da UOL (O maior conteúdo, também em besteiras)

ESPANTOSO! UOL dá visibilidade a um sujeito que maneja uma máquina mágica, que estaria acusando que Mendes mentiu! Huuummm… O Portal só se esqueceu de dizer quem é o cara e o que andou afirmando em 2005 sobre o mensalão! É fim da picada!

É espantoso! Chega a ser inacreditável! Afinal, a, por assim dizer, notícia está publicada no UOL, o maior portal do país. Um sujeito chamado Mauro Nadvorny, que maneja uma engenhoca que seria uma espécie de “detector de mentiras”, teria apontado “trechos fraudulentos” numa entrevista concedida por Gilmar Mendes à GloboNews. E quando o ministro teria mentido, segundo a máquina mágica de Nadvorny? Justamente quando o Mendes afirma que o mensalão fez parte da conversa, que Lula se referiu várias vezes à CPI e que ele, Mendes, não tem relação com Demóstenes. Entenderam? A máquina da verdade de Nadvorny parece falar tudo aquilo que os petistas gostam de ouvir.

Esse cara é novo nessa ramo? Nãããooo!!! É até bem antigo. Não só é propagandista de sua engenhoca — que não é reconhecida em tribunal nenhum do mundo — como tem veleidades de pensador político, conforme se lê num, bem…, artigo publicado em seu blog em 30 de agosto de 2005. Já tirei cópia da página e fiz PDF, para ficar tudo documentado.

Quem ler aquela glossolalia vai ver um Nadvorny indignado com as denúncias do mensalão. Já naquele tempo, a gente nota que ele acha que é tudo uma conspiração contra Lula. Para esse grande pensador, a coisa toda não passava de uma “alucinação coletiva”. Reproduzo um trecho, que segue na língua original:

“Estamos vivendo um momento único. Não, não é o fato de termos descoberto que até o PT seria capaz de fazer o que os outros partidos sempre fizeram. Refiro-me ao fato de que estamos diante de uma das maiores lavagens cerebrais nunca jamais vistas. Estamos diante de uma alucinação coletiva. Todos falam de supostos acontecimentos como se eles tivessem ocorrido e aguardam a punição dos culpados, como se culpados houvessem de algo que sequer foi provado sua ocorrência.”

Nadvorny, como vocês verão abaixo, faz com a sua maquininha o que bem entende. Ela confessa tudo aquilo em que ele próprio acredita. Quando Roberto Jefferson denunciou o mensalão, ele submeteu a fala do então deputado à sua engenhoca. Leiam:

“Analisei as palavras de Roberto Jefferson com a Tecnologia de Análise de Voz israelense com a qual trabalho. Ele realmente acreditava no que dizia (na verdade no que o ex-presidente do PTB, José Carlos Martinez havia contado a ele), mas isto não prova que o PT pagava as bancadas do PP e do PL mesadas de qualquer tipo. É mais ou menos como analisar um sujeito que diz ter sido abduzido por um disco voador. A análise pode comprovar que ele está dizendo a verdade. Isto prova que ele realmente acredita ter estado num disco voador, mas de maneira alguma prova a existência deles.”

Compreenderam? Este grande analista concluiu que Jefferson falava a verdade — vale dizer, aquilo que ele, segundo Nadvorny, pensava ser a verdade! Santo Deus! O pensador das engenhoca explica por que estava tão indignado com as acusações do mensalão:

“A vitória de um trabalhador para a presidência do Brasil não foi suportada por muita gente. Nem de longe somos um país de maioria socialista, sequer de esquerda. Lula chegou lá por seu mérito, muito mais do que pelo de seu partido. Tanto assim que não fez maioria absoluta no Congresso e alianças com outros partidos foram à única forma de poder governar. Simples e pragmático. Qualquer coisa diferente disso seria o mesmo que entregar a presidência ao segundo colocado.”

Encerrando

Acho que já está de bom tamanho, não é mesmo? É um sujeito com essa qualificação e com esse histórico que está no UOL, o maior portal do país, se atrevendo a dizer que um ministro do Supremo mentiu, alegando que chegou a essa conclusão com dados técnicos tirados de uma máquina mágica.
Que tempos!

Por Reinaldo Azevedo


 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

Somos solidários aos POLICIAIS DA ROTA!

Somos solidários aos POLICIAIS DA ROTA!
http://cultura-calvinista.blogspot.com.br/2012/05/somos-solidarios-aos-policiais-da-rota.html

As actuais direita e esquerda


As actuais direita e esquerda

by O. Braga

Ontem, à noitinha, estive a ver um programa no canal História sobre cidades portuárias perdidas na antiguidade — por exemplo, o antigo porto de Alexandria, ou a cidade submersa de Yonaguni.
As ruínas de Yonaguni
Hoje sabemos que o antigo porto de Alexandria foi destruído, mas não se tem a certeza das causas dessa destruição; há quem defenda a tese de um terramoto seguido de um maremoto, mas esta tese não explica por que razão o antigo porto de Alexandria passou estar submerso pelas águas do mar Mediterrâneo: um maremoto não significa necessariamente a submersão irreversível de um território; por exemplo, Lisboa foi sujeita a um maremoto no seguimento do terramoto de 1755, mas as águas do mar recuaram, depois da submersão. E também não existem documentos escritos que descrevam o fenómeno natural que devastou o porto e a cidade antiga de Alexandria.
Em contraponto, a destruição de Pompeia pela erupção do Vesúvio foi descrita e documentada por Plínio, o jovem; e por isso é que hoje sabemos, com algum detalhe, o que se passou, naquela ocasião, na região de Pompeia. Isto para dizer que quando os acontecimentos históricos não são relatados por escrito, acontece uma de duas coisas: ou esses acontecimentos se transformam em mitos, por via da transmissão oral intergeracional, ou ficam pura e simplesmente esquecidos para a História. Por exemplo, o que se passou em Yonaguni foi totalmente esquecido pela cultura japonesa, a ponto de os próprios japoneses estarem hoje intrigados pela existência dessas ruínas submersas.

Já lá vão alguns anos, vinha no carro e ouvi, na TSF, uma mulher do CDS/PP — não tenho a certeza se foi Assunção Cristas, mas penso que terá sido Teresa Caeiro — dizer que “hoje já não existe uma separação distinta entre a direita e a esquerda”; ou, talvez, dizer que “a direita e a esquerda já não se distinguem”. Nunca mais me esqueci da ideia dessa frase vinda de alguém do CDS/PP. E talvez por isso é que se explica a existência de “submarinos” no CDS/PP de Paulo Portas; e talvez por isso é que a saudosa Maria José Nogueira Pinto foi “convidada” a sair do CDS/PP de Paulo Portas.
Essa frase [de Teresa Caeiro?] insere-se na ideia absurda do fim das ideologias, ou do Fim da História, segundo Francis Fukuyama que secundou Karl Marx. Porém, a diferença entre a direita e a esquerda não está nas ideologias propriamente ditas, mas também na forma de estar no mundo e de ver a História. Há indivíduos que se dizem de direita — e até militam no CDS/PP — e que são intrinsecamente de esquerda; e há outros que, ou votam circunstancialmente à esquerda, ou não têm militância partidária, mas são intrinsecamente de direita.
O homem de direita é paradoxal, no sentido em que concilia a necessidade da ordem na sociedade, por um lado, com a liberdade, por outro lado — por intermédio das noções de transmissão cultural ou de herança histórica, seja pela transmissão cultural documentada e inscrita na cultura e relativa a uma fidelidade histórica, seja pela herança mitológica. O homem de direita revê-se nos relatos de Plínio, o jovem, acerca de Pompeia, que o fazem compreender a História e, sobretudo, mantê-la viva.
O homem de esquerda é dogmático e fiel ao seu tropismo revolucionário que pretende abolir e fazer esquecer o passado — mas esse esquecimento do passado não tem a intenção de libertar o Homem, mas antes deve servir para "construir o Homem Novo", des-racionalizado e presentista. O homem de esquerda revê-se no esquecimento de Yonaguni que tende a transformar o passado num enigma.
O. Braga | Segunda-feira, 28 Maio 2012 at 11:10 am | Categorias: Ut Edita | URL: http://wp.me/p2jQx-bJy
 
 

A guerra civil na Síria está a ser alimentada não só pelos países sunitas do golfo, mas também pelos Estados Unidos de Obama


Sobre o massacre de al-Houla

by O. Braga

O que está a acontecer na Síria é uma guerra civil entre duas facções: os sunitas, ligados à Al-Qaeda e às potências petrolíferas sunitas do golfo arábico, por um lado; e, por outro lado, os xiitas alauitas da elite política e económica do país e do governo de Bashar al-Assad.
Neste contexto de guerra civil, tentar saber qual das duas facções é a real, verdadeira e única responsável pelo massacre de al-Houla, é um exercício de hipocrisia e cinismo. Aliás, a publicidade do massacre de al-Houla nos me®dia serve exclusivamente os interesses políticos da facção sunita ligada à Al-Qaeda.
A estratégia sunita na Síria é semelhante à utilizada pelo Hamas em relação a Israel: 1) provoca Israel lançando mísseis sobre as cidades israelitas; 2) Israel riposta e existem vítimas civis; 3) e depois o Hamas publica as fotos das vítimas e vem dizer que não tem nada a ver com o assunto.
A guerra civil na Síria está a ser alimentada não só pelos países sunitas do golfo, mas também pelos Estados Unidos de Obama — e por alguns republicanos americanos, como por exemplo o hermafrodita político John McCain — e pela Inglaterra de Cameron.
É de lamentar as vítimas civis, mas os que apoiam a facção sunita na Síria, contra o alauita Bashar al-Assad, não podem afirmar ter as suas mãos limpas. E entre ter Bashar al-Assad no poder, ou o caos que vemos hoje no Egipto, prefiro que o alauita fique por lá.
O. Braga | Segunda-feira, 28 Maio 2012 at 12:51 pm | Tags: Egipto, Primavera Árabe, Síria | Categorias: Política | URL: http://wp.me/p2jQx-bJK

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

O problema do excesso de muçulmanos na Europa


O problema do excesso de muçulmanos na Europa

by O. Braga


« „Wir haben nicht zu viel Islam in Deutschland, sondern zu wenig Christentum.“ Diese Ansicht vertrat der Fernsehjournalist und Bestsellerautor Peter Hahne (Berlin) bei der 67. CVJM-Pfingsttagung in Bobengrün bei Hof. »
O jornalista, escritor e cristão alemão, Peter Hahne, proferiu a seguinte frase lapidar, durante o encontro de Pentecostes na cidade alemã de Bobengrün bei Hof [tradução livre e adequada]:

“ O problema da Alemanha não são muçulmanos a mais! Antes, são cristãos a menos! ”
O. Braga | Quarta-feira, 30 Maio 2012 at 7:01 am | Tags: cristianismo | Categorias: Europa, Islamismo | URL: http://wp.me/p2jQx-bKA

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

LULA é 'central de divulgação de intrigas'

LULA é 'central de divulgação de intrigas'
http://corrupcaojuridica.blogspot.com.br/2012/05/lula-e-central-de-divulgacao-de.html


Atenção: Todas as vezes em que for falar com petista, tem que gravar a conversa, senão eles negam.

terça-feira, 29 de maio de 2012

O turco não é burro


O turco não é burro

by O. Braga

« May 28, 2012 (LifeSiteNews.com) - Turkey’s Prime Minister Recep Tayyip Erdogan is making headlines in Europe for calling abortion “murder,” and linking it to an international population control agenda.
“No one should have the right to authorize it. Whether you kill the baby within the womb of his mother, or kill him after his birth, there’s no difference,” said Erdogan on Friday.The prime minister also said that the purpose of abortion is “to prevent this country’s population from growing further.” »
Ao contrário, por exemplo, de Dilma Roussef que pretende instaurar o abortismo no Brasil, o primeiro-ministro turco, Erdogan, não é burro. Ele sabe bem que os poderosos têm medo das famílias numerosas.
O argumento dos poderosos abortistas e eugenistas — organizados a partir da própria ONU — é o de que “o planeta tem gente a mais”, e que os flatos das crianças são uma das causas do aquecimento global. Porém, o turco não se deixa levar na conversa dos donos do mundo: ele sabe que a Europa, por este andar, vai-se tornar numa colónia turca e muçulmana. É uma questão de tempo.
O. Braga | Terça-feira, 29 Maio 2012 at 8:40 am | Tags: Turquia | Categorias: aborto, ética, cultura, Europa | URL: http://wp.me/p2jQx-bK6


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

terça-feira, 22 de maio de 2012

A RDP e as melopeias do comuna José


A RDP e as melopeias do comuna José

by O. Braga


O canal 1 da RDP [Rádio Difusão Portuguesa] que, como sabemos, é uma rádio pública, tem passado recentemente muitas canções de José Mário Branco.
Uma das canções do comunista José, que por lá passa, é o “FMI”: uma lengalenga de longos e infindáveis minutos, em que José Mário Branco interpreta uma melopeia digna de um ébrio em avançado estado de delirium-tremens. A outra canção que passa é a “Caridadezinha”, em que o comunista José defende a ideia segundo a qual apenas e só o Estado tem o direito de fazer caridade. Ou seja, a RDP passa muitas canções de José Mário Branco na medida em que repete ad Nauseam apenas e só estas duas canções do comuna José.
Diz o comuna José que se a caridade for feita pelo Estado, então é boa; mas se a caridade for feita por privados, já é má. E se o Estado estiver falido e não puder fazer a “caridade boa”, o comuna José prefere que não exista, de todo, a "caridadezinha" dos privados, sendo preferível que se morra de fome por aí, criando assim “as condições necessárias” para a ocorrência de uma revolução violenta que institua uma ditadura do proletariado.
Que o comuna José pense da maneira que pensa, o problema é dele; cada maluco, sua sentença. Mas que a RDP nos encha sistemicamente a mioleira com as canções do comuna José, já é outra coisa. Se a RDP quiser passar as canções do comuna José em regime de 24 horas por dia, então que seja privatizada para poder fazer a sua propaganda ideológica sem que seja à custa dos contribuintes portugueses que sustentam os "camaradas" da RDP.
O. Braga | Terça-feira, 22 Maio 2012 at 5:58 am | Tags: comunicação social, RDP | Categorias: A vida custa, Esta gente vota, me®dia | URL: http://wp.me/p2jQx-bDB


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Cada um coloca em cima da mesa aquilo que a educação lhe deu


Cada um coloca em cima da mesa aquilo que a educação lhe deu

by O. Braga

"TWO YEARS ago, Israelis comentators were reportedly strongly critical of Obama for propping his feet up on his desk while talking to Prime Minister Benjamin Netanyahu by phone. The pose was considered extremely disrespectful."
O. Braga | Terça-feira, 24 Abril 2012 at 9:55 am | Tags: barack obama, obama | Categorias: A vida custa | URL: http://wp.me/p2jQx-bdf


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

As ligações perigosas de Barack Hussein Obama ao globalista George Soros


As ligações perigosas de Barack Hussein Obama ao globalista George Soros

by O. Braga

Uma das razões por que não falei ainda aqui do problema da Síria, é a de que me parece que existe uma estratégia concertada pela administração Obama, em conluio com a agenda globalista plutocrática, no sentido de levar a instabilidade política ao Oriente Médio, e a qualquer preço. E a razão por que a Rússia tem colocado reservas à política obamista em relação ao Oriente Médio, prende-se também com a percepção de que existe uma promiscuidade política entre Obama, a agenda radical internacional de Esquerda, e a plutocracia globalista que controla hoje a ONU.
Este artigo revela as ligações perigosas entre a administração de Obama e a agenda política globalista de George Soros e comandita. Barack Hussein Obama acaba de criar um novo organismo ligado à Casa Branca, com o nome de White House Atrocities Prevention Board, e colocou à frente deste novo organismo a militante radical de esquerda Samantha Power. A principal função desse novo organismo é a de fundamentar, na ordem interna americana e do Direito Internacional, uma doutrina militar globalista que justifique a alteração do estatuto de soberania, que em vez de ser um “direito" dos povos, passa a ser uma “responsabilidade”.
Esta alteração do estatuto de soberania, de “direito” para “responsabilidade”, justificaria qualquer intervenção externa coordenada por forças militares globalistas, o mesmo quer dizer, forças militares norte-americanas — em última análise manipuladas por gente como George Soros. Basta que exista dinheiro suficiente para financiar a agitação política em um determinado país, causando uma reacção repressiva por parte do respectivo governo, para que a nova política globalista segundo a White House Atrocities Prevention Board possa justificar a intervenção militar estrangeira nesse país, alegando a violação dos direitos humanos e a acusando esse país de faltar ao dever de “responsabilidade” inerente ao conceito de soberania.
A Esquerda sempre criticou a ideologia dos neocons de “exportação à força” da democracia burguesa para o terceiro mundo, mas não vejo agora nenhuma crítica da Esquerda à obliteração do “direito” à soberania que justificará, no futuro próximo, e segundo a aliança política de Barack Hussein Obama e George Soros & Cia Lda., qualquer invasão militar estrangeira a um qualquer país do terceiro mundo.
Dou um exemplo muito claro: basta que largas dezenas de milhões de dólares, com origem em George Soros e gente da sua laia, sejam empregues nos Açores para financiar a independência desse território português, para que a repressão em relação ao movimento independentista açoriano seja visto — à luz do novo estatuto de soberania segundo Barack Hussein Obama e George Soros — como uma razão para uma intervenção militar estrangeira em território português.
Na Nova Ordem Mundial, quem tem dinheiro passa a ter o direito de pulverizar as nações, e baseando-se na alteração do conceito de soberania, de “direito” para “responsabilidade”.
O. Braga | Quarta-feira, 25 Abril 2012 at 9:24 am | Tags: George Soros, Nova Ordem Mundial, obama | Categorias: Globalismo, Obamacrimes | URL: http://wp.me/p2jQx-bdY

Comentário   

 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

sexta-feira, 18 de maio de 2012

A comunicação social caiu na me®dia. Influenciado pelo movimento gay, Workshop dá dicas de engate e sexo em espaços públicos - JN.



A comunicação social caiu na me®dia

by O. Braga


A comunicação social caiu na me®dia

by O. Braga

"Como posso engatar ou ser engatado? E ultrapassada essa questão: como ter uma aventura sexual num espaço público sem ser visto? A estas e outras questões promete dar respostas o primeiro workshop sobre engate e sexo em Portugal, esta segunda-feira à noite, em Lisboa, inserido no movimento 'Primavera Global'."
Segundo o lóbi político homofascista, “democratizar as cidades” é fazer sexo grupal em locais públicos.
Esta obsessão com o sexo em locais públicos confirma aquilo que eu já tinha escrito aqui: a identidade do gay consiste apenas no seu desejo sexual; o gay não tem outra identidade, o que o transforma em um caso patológico e em um problema de saúde pública.
O dogging gay é a expressão mais degradante da sexualidade de um indivíduo e revela uma doença mental grave. O dogging consiste práticas sexuais casuais entre desconhecidos, na maior parte dos casos em grupos de gays, e em locais públicos. O dogging transforma o ser humano em um animal inferior, e o Jornal de Notícias aprova e divulga.
O Jornal de Notícias ainda não percebeu que o abuso da liberdade de imprensa pode ser justificação para a inibição dessa liberdade.
Em vez de se abster deste tipo de “notícias”, o Jornal de Notícias faz a apologia cultural do dogging. Por exemplo, o facto de existir um grupo sócio-cultural que pratica sexo grupal com animais em locais públicos, não significa que os me®dia transformem esse facto em notícia, a não ser que o Jornal de Notícias pretenda contribuir activamente para a degradação dos costumes.
Através de notícias deste tipo, os me®dia transformam uma prática sexual degradante em algo de perfeitamente aceitável e normal. O que Jornal de Notícias está a fazer é contribuir activamente para a normalização cultural do dogging. E depois, os jornais queixam-se de que estão a perder leitores...!
Este tipo de notícias em jornais de "referência" revelam que a nossa sociedade entrou em decadência acelerada, e alguma coisa tem que ser feita, a nível político, para que essa decadência seja contrariada.
 
 
 

Aconteceu um milagre em Espanha: e qual a possível reacção dos naturalistas e da Esquerda?


Aconteceu um milagre em Espanha: e qual a possível reacção dos naturalistas e da Esquerda?

by O. Braga

"La “posible gracia” obrada por el Siervo de Dios Vicente Garrido Pastor corresponde a una curación “inexplicable” de una madre de familia, de Albacete, a quien le fue diagnosticado en 2003 un “adenocarcinoma de endometrio, estadio IVB, por afectación metastásica en cadera derecha” con una esperanza de vida de 10 meses, según han indicado hoy a la agencia AVAN fuentes de la delegación."
Perante uma cura de uma metástase com ramificações terminais, o que dirão os cientistas naturalistas?
“Provavelmente trata-se de uma cura natural. A ciência ainda não consegue explicar o fenómeno, mas nós, naturalistas, estamos convencidos de que, por exemplo, daqui a dois milhões de anos a ciência será capaz de explicar o fenómeno, assim como conseguiu já explicar como a vida surgiu da matéria inerte. É uma questão de tempo até que a ciência explique estes fenómenos.
Os milagres não existem. Só os ignorantes, como por exemplo, o Orlando Braga, acredita em milagres.”
O que diria a Esquerda deste fenómeno?
“Trata-se de puro acaso. Se calhar, a mulher espanhola comeu alfaces estragadas misturadas com favas fritas, e a reacção química decorrente dos dois vegetais foi a causa da cura da mulher. Por isso é que nós somos contra as touradas e somos vegetarianos, porque temos aqui a demonstração evidente e claríssima de que os vegetais, mesmo estragados, fazem bem à saúde.
Só os fascistas, como o Orlando Braga, acreditam em milagres. ”
O. Braga | Sexta-feira, 18 Maio 2012 at 8:35 pm | Tags: milagres | Categorias: A vida custa, cultura, Esta gente vota | URL: http://wp.me/p2jQx-bAB


Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

Justiça condena professor universitário por assédio sexual (Professor é "vítima de sua ideologia relativista e esquerdista".

Justiça condena professor universitário por assédio sexual
Da Redação

Professor universitário é condenado por assédio sexual contra estudante.

Jorge Zaverucha, da Universidade Federal de Pernambuco, foi acusado por uma aluna do mestrado de ter apalpado os seios e as nádegas dela. A estudante, que também é funcionária da universidade, contou que o assédio foi numa reunião de orientação do curso.

A Justiça Federal de Pernambuco condenou o professor a uma pena de um ano e nove meses em regime aberto. Ele ainda vai ter que pagar uma indenização de 50 mil reais para a aluna e doar por mês 10 cestas básicas no valor de 100 reais, para uma entidade carente.

O professor também perderá o cargo de servidor federal, depois de 20 anos de carreira, e deverá prestar serviço a uma entidade pública durante uma hora por dia.



Fonte: http://www.regiaonoroeste.com/portal/materias.php?id=37987



Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com

Lobos Socialistas em Portugal

Estamos entregues aos lobos

by O. Braga

Com a eleição de Hollande em França, prepara-se a arruaça degradante socialista portuguesa. E a arruaça socialista passa por Isabel Moreira, e por isso é que o pasquim Público lhe dedica 8 páginas da sua última revista. O acaso não existe.
Isabel Moreira
A arruaça socialista portuguesa passa por ir ainda mais longe do que o ideário decadente anunciado por Hollande em matéria de costumes. Para os arruaceiros socialistas portugueses, acolitados pelo Bloco de Esquerda e sob o signo de Isabel Moreira, a vitória de Hollande em França funcionou como uma espécie de reflexo condicionado de Pavlov que os impele para novas leis que adequam [ainda mais!] a norma ao facto, e que visam degradar ainda mais a cultura e os costumes.
E no meio disto tudo não temos ninguém que nos proteja. A Igreja Católica do arcebispo colorido muda os nomes de pessoas baptizadas que “mudaram de sexo” — como se fosse possível mudar de sexo...! No CDS/PP temos um líder que faz parte do “clube”. E no Partido Social Democrata temos o líder mais relativista que alguma vez lá entrou. Estamos entregues aos lobos.

Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com